[dsm_text_divider header=”Conserto no Sistema de Encordoamento” _builder_version=”4.4.8″ hover_enabled=”0″ _i=”0″ _address=”0.0.1.0″ /]

O sistema de encordoamento é composto basicamente pelas cordas e bordões, cravelhas (que tensionam as cordas) e cepo (onde as cravelhas são fixadas).

Reformas no sistema de encordoamento são mais complexas pois exigem, em muitos casos, a desmontagem e desencordoamento completo do instrumento. Os serviços mais comuns são:

– Troca ou limpeza de bordões.
As manutenções básicas das cordas ou bordões são a limpeza, que restaura o aspecto visual e a substituição quando alguma delas se rompem.

– Calçamento das cravelhas
Quando um piano não segura mais afinação, é provável que o problema esteja relacionado ao “afrouxamento” das cravelhas fixadas no cepo. Neste caso é possível calça-las ou rebatê-las na madeira de modo que voltem a tensionar as cordas. Esta técnica é uma alternativa mais econômica à substituição total do cravelhamento do piano. Mantendo assim sua originalidade.

– Troca de cravelhas
Chega determinado ponto onde as cravelhas não podem mais ser rebatidas. Neste caso a substituição total se faz necessária para recuperar a afinação. Com a substituição ganha-se também no aspecto visual do instrumento.

– Troca do cepo
Não é muito comum, mas em casos em que o cepo interno está danificado, trincado ou rachado, é necessário a substituição do mesmo para que possa fixar as cravelhas com eficiência. Trata-se de uma manutenção complexa que exige desmontagem total de todo sistema interno do piano.

Existem diversas técnicas de descupinização no mercado, praticadas em sua maioria por dedetizadores. Porém são ineficazes em Pianos, pois danificam alguns dos milhares de componentes e não acessam seu interior eliminando o foco.

Dominamos a única técnica 100% eficaz e apropriada para Pianos. Tratamento químico quarentenário por meio de técnicas de fumigacao em camâra apropriada por cerca de 15 dias. Garantindo a remoção total das pragas.

10 + 2 =